segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Máscaras para cabelos que fazem milagres em minutos

Conteúdo do site LOLA



máscaras para cabelos
Se as suas madeixas estão ressecadas, pesadas de química ou cor a desbotada, abuse das máscaras express
Foto: Divulgação
O verão está batendo na porta. Fase crítica para a cabeleira da nossa querida LOLA: você entra de cabeça na hidratação dos fios que passaram o inverno todinho sofrendo (com o vento, o volume excessivo causado pela umidade, o calor da água quente do chuveiro e do secador) para deixá-los lindos para o verão? Ou chuta o balde e deixa a hidratação de lado, porque a estação quente vai se encarregar de reduzir o potencial da hidratação em poucos dias de sol, piscina, mar…

Se as suas madeixas estão recebendo o verão ressecadas, pesadas de química, com volume demais, cor desbotada ou oleosas, abuse das máscaras express – sim, aquelas usadas no banho mesmo! Práticas e eficazes, elas agem em minutos e fazem uma verdadeira revolução na saúde e beleza dos cabelos. “A grande vantagem dessas máscaras é justamente a ação rápida, sem precisar de ajuda mecânica ou fonte de calor. A maioria é elaborada com um sistema que reduz as moléculas dos nutrientes (a nanotecnologia) tornando mais fácil a absorção pelo fio de cabelo”, justifica o hair stylist André Czerwinski, do salão Vimax Beauty, de São Paulo. “Mas para garantir esse efeito, que chega a nutrir e reconstruir o fio, é preciso optar por marcas conhecidas. Só os grandes laboratórios investem em tecnologia desse nível”, complementa André.

Justamente por terem um efeito profundo, o uso regular dessas máscaras não é recomendado: o ideal é aplicar a cada sete ou dez dias. “Normalmente essas máscaras contêm ativos muito ricos e em altas concentrações, como vitamina E, que evita a oxidação da cor; óleos, para dar maciez e brilho; e proteína, ceramidas e queratina, que são reconstrutoras. Então, devem ser usadas a cada 10 dias. Caso contrário, o cabelo vai se saturar de nutrientes e ficar pesado”, esclarece André. Ele faz uma ressalva: “se os cabelos estiverem muito danificados, pode-se até optar pelo uso diário, para um tratamento de choque, mas é  melhor não passar de uma semana e voltar a usar a cada 10 dias”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário